GLUTAMATO MONOSSÓDICO SABOR QUE MATA

Você já ouviu falar em Glutamato Monossódico? Apesar de não ser um nome muito comentado, esse produto infelizmente está presente diariamente na vida de quem consome alimentos industrializados.

glutamato monossódico GMS ajinomoto

O GMS é muito utilizado pela indústria alimentícia por se tratar de um realçador de sabor, basta olhar os rótulos dos produtos industrializados para encontrar seu nome na composição. Temperos prontos, macarrão instantâneo, caldos em cubinhos, molhos para salada e biscoitos são alguns dos alimentos que contém o glutamato monossódico.

O glutamato monossódico pode ser classificado como uma excito-toxina, ou seja, uma substância que estimula suas células a ponto de danificá-las ou mata-las.

O GMS é um grande inimigo da saúde! Ele pode levar a efeitos como dores de cabeça, aceleração dos batimentos cardíacos, dores no peito, dormência ou formigamento no rosto e pescoço, asma, palpitações e sudorese.

Podendo, assim, desencadear ou agravas outras disfunções já existentes, como por exemplo, Alzheimer, dificuldades de aprendizado e Doença de Parkinson. Seu consumo em longo prazo traz complicações como obesidade, enxaquecas crônicas e lesões oculares.


BAIXA GRÁTIS NOSSO GUIA: DETOX EM 10 DIAS

Download Grátis Tabela de Calorias Fator de Emagrecimento saúde bem-estar emagrecimento


O GMS é muito utilizado na culinária oriental, sendo uma tarefa árdua encontrar um molho shoyu que não leva o ingrediente na composição. O sabor “umami” da culinária oriental é atribuído ao glutamato, que também está presentem em diversos alimentos in natura.

Tudo começou com o químico Kikunae Ikeda em 1908. O japonês conseguiu isolar o componente a partir da alga kombu seca que sua mulher usava para fazer o caldo dashi, muito comum na culinária japonesa.

Ao acrescentar sódio, um dos dois elementos do sal comum, o glutamato pode ser estabilizado em forma de pó e adicionado à comida. Assim surgiu o Ajinomoto (“essência do sabor”, em japonês) e hoje encontrado em todo o mundo, fez do cientista um milionário.


LEIA TAMBÉM:
VILÕES DA ALIMENTAÇÃO: VEJA OS MAIORES INIMIGOS DA SAÚDE
MALES DOS AÇÚCAR NA SUA SAÚDE
ALIMENTOS TÓXICOS: VEJA COMO EVITAR


Produtos que contém Glutamato Monossódico

Molhos e condimentos prontos, enlatados ou instantâneos;
Alimentos em conserva;
Salgadinhos industrializados;
Comida congelada;
Ketchup;
Realçadores de sabor;
Comidas prontas diet;
Sopas em pó ou enlatadas;
Caldos para carnes, aves e peixes;
Carnes e linguiças curadas e defumadas;
Temperos e especiarias prontos e industrializados;
Proteína vegetal hidrolisada.

Evite também os alimentos industrializados que no rótulo esteja escrito: extrato de levedura, caseinato de cálcio, gelatina, ácido glutâmico, proteína hidrolisada, glutamato monopotássico, caseinato de sódio, proteína texturizada, extrato de levedura.

Gostou dessa dica? Envie para alguém que você conhece!

Curta Fator de Emagrecimento no Facebook

VIVA MAIS SAUDÁVEL!

Receba grátis esse e outros conteúdos exclusivos para viver ainda mais saudável!