LINHAÇA: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Muito ouvimos falar sobre a linhaça, mas os seus benefícios vão além daqueles que se fala normalmente! Saiba tudo sobre a linhaça!

linhaça

A linhaça é a semente do linho (Linum usitatissimum), muito utilizada em culinária. É preferível que se consuma sem casca, triturada, para melhor aproveitamento do seu alto valor nutritivo, pois é rica em fibras, ácidos graxos e proteína.

Além disso, dela se extrai o óleo de linhaça, que é rico em Ómega 3, Ómega 6 e Ómega 9. Devido ao seu alto valor nutritivo é considerado alimento funcional. No Brasil encontra- se duas variedades marrom e dourada.

Outros usos do Óleo de linhaça incluem a fabricação de linóleo e tintas a óleo. O óleo também é usado na indústria cosmética e em farmácias de manipulação.


BAIXA GRÁTIS NOSSO GUIA: DETOX EM 10 DIAS

Download Grátis Tabela de Calorias Fator de Emagrecimento saúde bem-estar emagrecimento


LINHAÇA: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

A linhaça é considerada um alimento funcional, pois, além de ter suas propriedades nutricionais básicas, tem propriedades preventivas graças aos compostos antioxidantes e anticancerígenos. Seus benefícios são atribuídos ao ácidos alfa linolênico, ao alto teor de lignanas e às fibras alimentares.

A linhaça tem cerca de 39% de óleo em sua composição. Seu óleo é um dos alimentos mais ricos em Ômega 3 da natureza (cerca de 57%) e de Ômega 6. A relação ideal entre Ômega 3 e Ômega 6 é de 1:4 respectivamente, enquanto o óleo vegetal de linhaça apresenta uma relação de 1:3, muito próxima do ideal. Essa presença balanceada entre o Ômega 3 e o Ômega 6 permite a produção das prostaglandinas, que são corpos biologicamente muito ativos e importantes que agem como removedoras do excesso de sódio nos rins, diminuindo assim a retenção de líquidos, o que alivia os sintomas do período pré-menstrual. A alta taxa de Ômega 3 faz da linhaça um alimento de caráter preventivo à saúde, sendo um importante agente antioxidante e renovador celular.

linhaça

MAIS SOBRE A LINHAÇA

Além disso, a linhaça é a maior fonte alimentar de lignanas, um fitoesteroide que “imita” a ação do estrógeno. A lignana é muito importante no período da menopausa, quando as taxas desse hormônio são baixas, sendo ela um importante agente natural na reposição desse hormônio. A lignana “engana” os receptores de estrógeno e se acopla a eles.

Tratando-se de um óleo vegetal natural, os fitoesteroides têm uma ação fraca em relação ao estrógeno, não tendo ação negativa sobre o tecido mamário. Assim, a lignana é importante na prevenção do câncer de mama, por neutralizar a ação do estrógeno sobre esse tecido.

O óleo da linhaça tem na maior parte da sua composição gorduras poli-insaturadas não produzidas pelo corpo. Veja a porcentagem de gorduras do óleo de linhaça:

Tipos de Gorduras  %Total de Gorduras
Gorduras Saturadas 9%
Gorduras Monoinsaturadas 18%
Gorduras Poli-insaturadas Ômega-3—57%
Ômega-6—16%

A sua constituição ainda conta com uma alta taxa de fibras solúveis, vitaminas B1, B2, C, E, caroteno, ferro, zinco, alguma quantidade de potássio, magnésio, fósforo e cálcio.

Composição Nutricional (a cada 100 g) Valores
Energia 495 kcal
Proteínas 14,1 g
Lipídios 32,3 g
Carboidratos 43,3 g
Fibra alimentar 33,5
Umidade 6,7%

 

Fonte: modificado de TACO – Tabela brasileira de composição de alimentos, 2006.

Estudos mostram que é boa para os diabéticos, pois estabiliza os níveis de açúcar no sangue. E também é uma auxiliar para a prevenção da obesidade, pois ela ativa mais o metabolismo.

Existem alguns relatos de indução de icterícia, e reações exantemáticas, possivelmente relacionadas com a dose e consumo exagerado.

Via

Gostou desse artigo? Compartilhe com alguém que você ame e quer ver mais saudável!

Clique e curta FATOR DE EMAGRECIMENTO no Facebook

VIVA MAIS SAUDÁVEL!

Receba grátis esse e outros conteúdos exclusivos para viver ainda mais saudável!